Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contacto: jornalsomusica@sapo.pt


23
Mar19

5 Questões as Vasco Moreira Gritali

por Jornal Só Música

1: JSM - Passatempos?

Vasco Moreira - Neste momento sempre atento ao calor que ai vem e estar atento às árvores que tenho. Regar na época certa é essencial. A poda já fiz. Depois vem o Futebol. Agora tenho pouco tempo, mas estou sempre atento. Mas só sempre que posso...o tempo é sempre pouco. 

 

 

2: JSM - Estudios?

Vasco Moreira - Estou (quase) sempre em estúdio. Tenho sempre coisas gravadas que ainda não divulguei, e músicas que me faltam acabar.

Gosto também de trocar impressões com outros estúdios, como funcionam, técnicas, e por aí...

Há pessoas que me condenam por eu contar técnicas de gravação no BMP. Mas não tem mal nenhum.

Uns descobrem técnicas e contam-me, eu descubro outras e conto também. Não tem nada que saber...estamos todos nisto!

E visito muitas vezes outros estúdios e outras salas de ensaios. Faz bem trocar impressões. Tal como outros me questionam. A vida é mesmo assim.

 

3: JSM - BMP?

Pois, já que falei no blog BMP, uuuiii, ocupa-me imenso!

Mas vale a pena!

 

4: JSM - Estúdio ou ao vivo?

Vasco Moreira - São dois trabalhos com concentrações diferentes. Qualquer musico gosta destes dois trabalhos.

Mas confesso que o trabalho de estúdio cativa-me mais qualquer coisa...

 

5: JSM - Amanhã?

Vasco Moreira - Levantar cedo, gravar, BMP, divulgar, ensaiar... 

 

http://Gritali.blogs.sapo.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20

10
Mar19

Música nova de Vasco Moreira Gritali

por Jornal Só Música

"8:30pm"

https://youtube.com/watch?v=C0w4qrC--Vw&t=18s 

http://Gritali.blogs.sapo.pt 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:37

10
Mar19

A "Canção de embalar o Action-man" é destaque no novo disco de Miguel Araújo "Uma Noite na Philharmonie Luxembourg" lançado no dia 26 Janeiro.

Neste disco gravado na "Philarmonie Luxembourg" tem as versões de “Ai Margarida”, com poema de Álvaro de Campos e música de Camané e Mário Laginha, “American Tune”, de Simon & Garfunkel e "Canção de Embalar o Action Man", das Vozes da Rádio.

Esta última canção tem a particularidade de ser um dos seus temas preferidos e que adora cantar aos seus filhos.

A "Canção de Embalar o Action Man" das Vozes da Rádio pela sua beleza e simplicidade tem não só vindo a conquistar o mundo dos adultos como também o mundo dos mais novos, sendo mesmo uma canção referência nos coros infantis.

As Vozes da Rádio têm também por esta altura um novo disco "Canções do Homem Comum, Vol II" sendo o single, o alegre e orelhudo "Vais dançar".

 

LINKS

MIGUEL ARAÚJO (e filhos) - "Canção de embalar o Action-man" - https://www.youtube.com/watch?v=g1i5Qz_pbP4 - NOVO VÍDEO

MIGUEL ARAÚJO (versão disco) - "Canção de embalar o Action-man" - https://www.youtube.com/watch?v=m3I0HCktXTY

VOZES DA RÁDIO - "Canção de embalar o Action-man" - https://www.youtube.com/watch?v=CipE5lsozio

VOZES DA RÁDIO - "Vais dançar" - https://www.youtube.com/watch?v=h86GmDx_4vg - NOVO SINGLE
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34

10
Mar19

Madrepaz ao vivo no Porto e Lisboa

por Jornal Só Música

É desta maneira simples que a banda de Ricardo Amaral, Pedro da Rosa, Nuno Canina e João Barreiros convida os amigos a celebrar em dois concertos, a aguardada edição física do seu segundo disco. 

 

Depois de "Panoramix", em 2017 - que mereceu lugar de destaque nos balanços musicais do ano e mais de 40 concertos pela Península Ibérica - também “Bonanza” esteve presente nas listas de melhores do ano, como a da rádio Antena 3 e a do site Altamont.

 

“Os Madrepaz não descansam. A banda portuguesa que se estreou nos discos em 2017, com o aclamado Panoramix, dá-nos, um ano depois, o segundo tomo de uma saga que, se nos apaixonou de princípio, nos dá mais motivos para continuar a querer acompanhar a viagem.”  

 

Altamonte, 23 Nov de 2018

 

Porto e Lisboa foram as primeiras cidades escolhidas para dois espectáculos produzidos por Madrepaz: Auditório do Círculo Católico dos Operários do Porto no dia 9 de Março, e o Centro de Interpretação de Monsanto na matiné de Domingo, 17 de Março, vão receber dois concertos únicos, onde o novo disco será tocado na íntegra, com a companhia de convidados especiais que ajudaram a escrever o passado recente da banda.

 

“Captar este espírito vívido e explosivo de sons e experiências é uma alegria imensa, sabe bem ouvir música assim, sem barreiras, cheia de referências mas com personalidade própria, digerindo de forma exímia todos os sons ouvidos para dar forma a uma identidade única na nova música portuguesa. A única coisa que se pode esperar dos Madrepaz é que não percam esta capacidade incrível de surpreender a cada faixa de um álbum sem terem manias ou pretensões a nenhum título porque é isso que faz deles os Madrepaz. Não é todos os dias que se pode respirar um LP como “Bonanza”, abençoada tempestade que lhe deu origem.”

 

Crítica do site Rua de Baixo, 3 Nov de 2018

 

A tour “Bonanza” seguirá por Portugal com mais datas a anunciar em breve.

Entretanto a banda subirá ao palco do Festival da Canção 2019, com a música “Mundo a Mudar”. Madrepaz interpretam a canção composta por Frankie Chavez com letra de Pedro Puppe no dia 23 de Fevereiro, na segunda 2ª.Semi-final do Festival.

 No Porto, o espetáculo começa às 21h30 e em Lisboa a atuação está marcada para as 17h. Os bilhetes já estão à venda por 12€ nos locais  e no site da TicketLine.

Descrição: Descrição: Descrição: cid:168e726ae8c6110e6d12
Para mais informações:

Marcos Rocha

<a '="">Marcos.Rocha@ellephant.pt

Rodrigo Vaz

<a '="">Rodrigo.vaz@ellephant.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

10
Mar19

Novo single de Noa

por Jornal Só Música

NOA

A segunda vida das coisas” é o novo single do disco “Cicatriz” de NOA.

Esta canção assenta na cativante simplicidade harmónica entre a voz de NOA e o piano de André Sarbib, uma das maiores referências do universo Jazz Português.

A segunda vida das coisas” remete para o lado abstrato da matéria física e visível. Se “uma porta não é só uma porta” é também a dor de uma despedida ou a euforia de uma chegada. Olhar e ver além...

Musicalmente NOA vive de uma modernidade multicultural, onde tudo se cruza com a intenção de valorizar a riqueza das palavras, quer através da voz quer através das cordas do seu violino.

Devido a esta refinada mescla de bom gosto, NOA foi uma das primeiras artistas Portuguesas a ser convidada a atuar no emblemático, Montreux Jazz Festival na Suíça em 2018 que teve no cartaz nomes como: Jamie Cullum, Gregory Porter, Jorja Smith, QOTSA, Iggy Pop e Jack White.

Ao longo da sua carreira, NOA partilhou as suas canções com os artistas Brasileiros: Armandinho Macedo (A cor do Som), Luiz Caldas (OST “Tieta do Agreste”), Margareth Menezes (“Elegibo”), Gabriel Póvoas (diretor musical Daniela Mercury), Targino Gondim (compositor e vencedor do Grammy“Esperando na Janela”).

Assim como, com os artistas Portugueses: Mico e Nuno da Câmara Pereira, Nuno Barroso e Cristina Bacelar.

Devido à sua preocupação social, NOA na sua tour “Cicatriz” convida artistas com deficiências físicas e mentais para no seu espetáculo atuarem de uma forma verdadeiramente integrada, dando-lhes todo o destaque, para que com a sua diferença, criem novas formas de arte inclusiva.

(https://www.facebook.com/OficialNoa/videos/2058584034197308/)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:27

10
Mar19

Madrepaz ao vivo no Porto

por Jornal Só Música

Dia 9 de Março(Sábado), depois da sua participação no Festival da Canção, os Madrepazvão subir ao palco do ACCOP(Porto) para nos mostrar Bonanza, o seu 2º disco de originais!
A banda de Ricardo Amaral, Pedro da Rosa, Nuno Canina e João Barreiros convida os amigos a celebrar em dois concertos, a aguardada edição física do seu segundo disco. O novo disco será tocado na íntegra, com a companhia de convidados especiais que ajudaram a escrever o passado recente da banda, como é o caso do multi-instrumentistaDanny Rico e o seu projecto DRiP que irá fazer a 1ª parte do concerto. DRIP é uma colaboração com a artista visual Astrid Steiner (Luma.Launisch). O projeto internacional combina composições originais ao vivo: música, arte visual e dança, permitindo ao público experienciar uma performance de banda interpretada por um único indivíduo.

O espetáculo começa às 21h30.
Bilhetes à venda (12€) : https://ticketline.sapo.pt/  e no local do espectáculo.

 

https://facebook.com/auditorioccop/ 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:22


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D